Músicas que são a cara do carnaval em qualquer geração.

Existem músicas que são a cara do carnaval em qualquer uma das gerações existentes, seja as marchinhas que nós sabemos na ponta da linguá, ou os sambas e axés mais conhecidos de todos os tempos. Mas o que importa mesmo, é a vontade de celebrar a vida, de fazer festa, sorrir, dançar e cantar. 
Quem nunca ouviu a famosa frase, "o ano só começa após o carnaval"? Justamente por conta dessa festa linda, o blog já entrou no clima festivo, trazendo muitas novidades, sorrisos, fantasias, folia e claro, as músicas tipicas que não podem faltar.



01 - Jamil - Praieiro 


02 - É o tchan - Pau que nasce torto 



03 - Tchakabum  - Olha a onda



04 - Poeira - Ivete Sangalo 


05 - Asa de Águia - Dança da Manivela


06 - Marcinhas - Mamãe eu quero



Espero que vocês tenham gostado das músicas escolhidas, até chegar o carnaval mais posts como esse estão por vir, afinal, toda festa precisa ser celebrada. Um beijo, fiquem com Deus e até o próximo post. 

Depoimento sobre pais separados.



Me pergunto como é ser filho de pais separados, pois mesmo quando os meus pais estavam juntos, tinha a sensação de que estavam separados. É como se dentro de mim eu soubesse que aquilo nunca daria certo. Crianças costumam ter diversas lembranças felizes sobre a infância, sobre momentos com a família, mas comigo essa realidade é diferente. A minha lembrança mais feliz da infância, foi do dia em que finalmente após a separação, o meu pai foi embora. Calma, não fique triste por mim, eu realmente estava radiante naquele dia, logo você entenderá o porque.
Sou fruto de uma gravidez na adolescência, minha mãe se casou assim que completou dezesseis anos e logo em seguida eu nasci. Ela sempre cuidou muito bem de mim, trabalhou e fez tudo o que pode para que eu fosse a mulher que sou hoje, mas o meu pai sempre foi mais distante, nunca foi apegado comigo ou se importava, pelo menos não que demonstrasse amor forte, incondicional. Quando tinha meses, se não me engano dois, a mãe dele e a irmã o levaram para a primeira balada sozinho, deste dia em diante nossa vida virou um inferno. Ele deixou a esposa recém casada de apenas dezesseis anos e um bebê de dois sozinhas em casa, nem mesmo levou a chave. Por isso, minha mãe trancou toda a casa e tentou esperar por ele, mas acabou adormecendo. Ele chegou bêbado, pulou o muro e por que a casa estava trancada a agrediu, depois disso fomos morar por alguns dias com o irmão mais velho da minha mãe. Estou contanto isso para vocês terem a noção do quando a saída dele de casa me marcou, me fez feliz, pois tinha certeza que poderíamos viver em paz. Após isso ele sempre bebeu, se tornou alcoólatra e eu nem mesmo o via mais. Saía cedo para trabalhar, chegava de madrugada. O via apenas aos domingos, quando ele saia mais cedo do trabalho, ia para o bar e chegava por volta de oito e meia da noite em casa, já no meu horário de dormir. Se deitava no tapete da sala, na segunda-feira levantava e voltava para a rotina semanal de trabalho, bar e casa. Ele fazia muitas dividas, então minha mãe trabalha muito para poder cuidar de mim. Quem a ajudava era a mãe dele, ajudava no sentindo de cuidar de mim, apenas ela. Pra ajudar, quando bebê ficava muito internada, na verdade era muito doente até os meus oito anos, aproximadamente. Minha mãe sempre dizia que em algum momento ela iria se separar dele, mas apenas no momento em que tivesse certeza que poderia cuidar de mim sozinha.
Naquele tempo não pagávamos aluguel, pois morávamos em uma casa da mãe do meu pai, e ele colocava comida em casa, o restante ele gastava no bar. Quem arcava com todas as outras contas era a minha mãe, e quando ficava pra ele pagar algo? Bom, várias vezes chegamos em casa e a nossa era a única escura da rua, a única sem água, pois ele não pagava as contas. Ah, você deve estar se perguntando quantos anos ele tinha? Ele e minha mãe tem uma diferença de sete anos, se não me engano. 
O tempo foi passando, fui crescendo e cada vez mais tendo a certeza de que tudo isso um dia iria passar, e no dia que passou, foi o dia mais feliz da minha infância. Não vou contar todos os detalhes da minha vida, ou o texto ficaria muito longo e para muitos, triste. Só quero mostrar a realidade que vivi, para abrir o assunto da minha pós separação. 
Meu pai nunca foi presente ou cuidou de mim, após a separação ele foi morar com a mãe dele e eu ainda tentei me aproximar, mas em anos ele me forçou a ir uma vez na igreja a qual ele se converteu e outra no mesmo dia, ao club para nadar. Acabei indo, foi a única vez em que ele me chamou para fazer algo, apenas para me apresentar e mostrar aos "amigos", depois disso nunca mais. Teve uma namorada, com quem teve um filho, onde só fiquei sabendo da existência após a criança ter um mês de idade, por uma estranha no salão da minha mãe. Me digam, isso é amor? isso é indiferença, além de todo o desprezo.
Feliz aniversário, natal, feliz ano novo ou qualquer data comemorativa? Nunca recebi, raramente um feliz aniversário dias após a data de verdade.
O pior de tudo, é você saber que a pessoa esta lá, mas que ela te despreza. Lidar com a morte, por mais que doa profundamente é melhor. Quando a pessoa esta morta, você não precisa sofrer esperando algo dela, não tem o que esperar, não tem o que sentir, além disso, ela não irá mais te machucar. No meu caso, lido com o desprezo e humilhações da parte dele uma vida inteira. Não tem como você amar, como querer por perto alguém assim. É como nadar contra uma correnteza infinita, onde nem mesmo há margem ou qualquer forma para pedir socorro. Chega uma hora que precisamos saber o momento de parar, respirar, descansar e seguir em frente. 
Desde o dia em que ele foi embora tudo mudou para melhor, mesmo que o carro tenha sido vendido, mais tarde a moto, mudamos de uma casa grande para dois cômodos e tudo mais, a vida nunca foi tão bela. As coisas prosperarão aos poucos, hoje a filha de uma manicure que a criou sozinha, cursa Direito por puro esforço próprio, me orgulho muito disso. 
Acabaram as brigas, acabaram os tormentos, as humilhações da minha avó quando cuidava de mim, ou qualquer energia ruim. Claro, ainda levou tempo para eles pararem de tentar nos prejudicar de inúmeras formas, mas a justiça foi cumprida. 
A sensação que tenho é que ele apenas contribuiu para a minha existência, mas não há amor, não tem sentimentos, nem mesmo uma curiosidade de saber se estou viva. Mas após anos lidando com o desprezo, posso dizer que isso não me afeta mais, não me abala mais, pois eu sou feliz e cercada de amor por todos os lados. 
Não sinto falta de uma presença ou figura paterna, pois sempre tive o meu avô neste papel, como o meu exemplo e não a cuidar de mim, hoje tenho o meu padrasto, que é o meu pai com todas as letras, cores e amores. Eu sei  o que é ser filha, o que é ser irmã mais nova, pelo filho do meu padrasto, sei o que é ter carinho, amor, respeito e cuidado. 
As vezes quando passamos por algo tão conturbador, não temos noção de que coisas tão boas estão destinadas a acontecer, mas fique tranquilo, coisas boas acontecem. Nem sempre quando a gente quer, no momento em que desejamos, mas elas vem. Aos poucos as feridas do nosso peito se fecham, a luz volta a brilhar nos nossos olhos, e o sorriso surge de forma espontânea. Ai sabemos onde é realmente o nosso lar. Esse não é um texto fictício, não é uma inspiração. Essa é a minha história.

Thaís Ferreira

Nívea Sun Protect & Hidrata | Resenhas de verão

Durante os últimos dias estive de férias com a minha família no litoral norte de São Paulo, um lugar super gostoso, aconchegante e lindo. Foram dias de sol intenso e por isso, teremos aqui no blog as resenhas de verão, onde vou dividir com vocês dicas de hotéis, praias em Caraguatatuba, restaurantes acessíveis, produtos usados para pele e cabelo antes, durante e após a exposição ao sol de 40º graus, entre tantas coisas coisas. Como por exemplo, as diferenças gritantes entre o litoral norte e o litoral do lado de Santos. Então, vamos lá:


Não me lembro de já ter usado filtro solar da Nívea antes, mas não tenho uma reclamação a repeito dele. O produto é extremamente cheiroso, deixa a pele com um aspecto saudável, hidratada e protegida. Na própria embalagem pede para que seja retocada a proteção ao sair da água, após mergulhar e esse tipo de coisa, o que é imaginável mesmo sem ler o rótulo, pois o contato com a água vai diminuindo o produto na pele, tendo a proteção diminuída de forma significativa. Outro ponto importante, todo filtro solar deve ser passado de maneira abundantemente na nossa pele, para que a proteção seja completa. Ler o rótulo dos produtos que usamos é sempre importante, tão importante quando ler os dos alimentos, pena que nem todos nós tomamos esse cuidado.
Ele aguentou super bem o sol de Caragua, que estava extremamente forte. Estou queimada e ardendo por ter abusado demais nos horários de 13:00 e 14:00 horas no sol, até o fim da tarde. Mesmo com essas exposição absurda ao sol, não estou com febre, ou sinais de insolação. Ele aguentou tanto pra mim, que sou uma mistura de 300 raças diferentes, tanto para os branquinhos aqui de casa.  A família ficou protegida e eu satisfeita.



Quando um produto é bom, quando vale a pena ser compartilhado com vocês de maneira positiva, eu sempre vou postar aqui elogiando não só ele, quanto a marca que o desenvolveu, mas quando for negativa a minha experiência com algum produto, irei compartilhar com vocês da mesma forma. Acho que isso é extremamente importante, pois é o tipo de resenha que quero ler, o tipo de blog que quero ter. 
Espero que vocês tenham gostado, um beijo enorme no coração de vocês. Fiquem com Deus e até o próximo post. 

Siga o blog no Instagram: @blogamebatom 
Curta a página do blog no facebook: ame batom

Vinho Bordeaux da linha Jolie da Jequiti.


Oi meninas, tudo bem? Ultimamente venho falando sobre vários assuntos aqui no blog e diminuindo os posts sobre cosméticos, mas não estou deixando de fazer resenha. Todas as resenhas são postadas há um longo tempo primeiro no Instagram, com um feedback mais rápido e fácil, pois é um pouco mais prático nos dias de correria. No entanto, no post de hoje trouxe uma resenha super bacana, com um esmalte super bonito, porém, que deu muito MIMIMI quando postei no Instagram. 
Sabe aquele esmalte que você olha e se apaixona de primeiro? Foi o que aconteceu entre mim e esse lindo. Venho comprando vários produtos da Jequiti, inclusive muitos já resenhei aqui no blog pra vocês, e nenhum até agora havia me decepcionado. A decepção veio com esse esmalte, que é de uso "descartável", você passa agora e dura no máximo até o dia seguinte. 


No momento da aplicação é necessário tomar muito cuidado, pois ele mancha muito fácil, é extremamente aguado. Para dar cor é necessário no minimo três camadas, ainda ficando manchado. A cor e o brilho são super bonitos, não tem como negar. Mas ele é daqueles esmaltes que saem inteiro, com o formato da sua unha, sabe?!
Antes de dar um feedback dele testei com três camadas e com duas, inclusive minha mãe me ajudou a testar o esmalte, para que não fosse uma resenha precipitada. Então não, não recomendo este esmalte, apesar da cor ser linda. 
O MIMIMI se deu pois algumas pessoas disseram que eu não devia falar mal de um produto, que devia testar outros da marca antes de dar uma opinião, porém, eu comprei outro esmalte e testei, não tive problema algum. Além disso, a resenha é sobre um único esmalte, sobre este vinho. Espero que eles consigam corrigir a formula dele, pois a cor é muito bonita, apesar de manchar. 
Então é isso meninas, espero que vocês tenham gostado do post. Um beijo, fiquem com Deus e até os próximos posts. 


Duas músicas para EMOCIONAR o período de gestação.

"O valor de ser mãe é tão doce quanto o valor de ser filho" Doce.


Nada tem o poder de renovar mais a vida das pessoas do que a chegada de uma criança. A gente se prepara para ouvir o chorinho, pensa nas possíveis dificuldades em dar um primeiro banho ou nas trocas de fraldas. Mas a verdade é que, a vida dos pais, de quem gera e nutri essa criança, esta destinada a nunca mais ser a mesma. E seguindo esse pensamento, resolvi montar um post com canções para emocionar esse período único. 

01- Nove Meses | Oração do bebê - Bárbara Dias 

Essa música veio pra mim através de um colega de escola, o Paulo. Que se aproximou de mim cantando e desde então, é difícil ouvir sem chorar ou me emocionar fortemente. Se você ainda não ouviu, ouça. Se não esta gerando um bebê, mas conhece alguém que esta, mostre a ela, pois tenho certeza que a emoção será forte.


02 -  Coisa linda - Tiago Iorc 

A voz do Tiago Iorc é muito bonita, assim como as canções dele. Essa música, coisa linda, tem uma letra incrível. Não consigo ouvir sem pensar em amor, e qual a melhor e maior forma de amor se não a maternidade? Ela serve tanto para a mamãe, quando para o momento em que ela ver o bebê. 



Gostaram das músicas? São belíssimas. Não estou grávida, antes que surja esse tipo de pergunta, nem pretendo ser mãe tão cedo. Mas, a maternidade, parto, bebês, a criança e depois o adolescente é algo que me encanta, em todos os sentidos possíveis. Pois é a vida sendo moldada, sendo VIDA de todas as formas. E, em breve minha princesa chega, que é a filha do meu primo/irmão, então estou esperando a chegada dela com muito amor e esse tipo de música, de demonstração de afeto, vem me emocionando muito. Espero que tenham gostado do post, um beijo enorme no coração de vocês, fiquem com Deus e até o próximo vídeo.

10 legendas para fotos.



Após o sucesso dos últimos posts com sugestões para legendas de fotos, resolvi que vai virar um quadro aqui do blog esse tipo de post. Na verdade, do meio de dezembro de 2016 em diante, o blog seguirá com um clima mais pessoal, com posts estilo "conversa" e esse tipo de coisa. Claro que as resenhas de produtos, truques e demais dicas não irão faltar, pois fazem parte do blog também, mas essa coisa intimista, faz parte de mim. Então, vamos as legendas. (link dos posts anteriores no final deste post)



01- “A vida é demasiado preciosa para ser esbanjada num mundo desencantado.” Mia Couto

02 - "Só se pode enxergar direito com o coração." O pequeno príncipe 

03 - "Palavras não podem derrubá-lo" Christina Aguilera (beautiful) 

04 - "O essencial é invisível aos olhos." O pequeno príncipe

05 - "As vezes acho que minha cabeça é tão grande porque é muito cheia de sonhos" John Merrick, em O homem elefante, de Bernard Pomerance.

06 - "Olha, você tem todas as coisas que um dia eu sonhei pra mim. A cabeça cheia de problemas, mas eu não me importo, eu gosto mesmo assim" Roberto Carlos (olha)

07 - "As vezes nossos sonhos caem no chão, como pedacinhos de estrelas que pouco a pouco se apagam." Dulce Maria

08 - Orar muito e ter fé. Porque as coisas estão todas amarradinhas em Deus." Guimarães Rosa.

09 - "Apenas confie em alguém que consiga ver estas três coisas em você: a dor por trás do seu sorriso; o amor por trás da sua raiva; a razão por trás do seu silêncio." Alerquina 

10 -  "Que obra-prima é o homem! Quão nobre na razão! Quão infinito na capacidade! Como é expressivo e admirável na forma e nos movimentos! Nas Ações parece um anjo! Na apreensão é como um deus! A beleza do mundo!..." Shakespeare, Hamlet

Espero que tenham gostado das sugestões desde post, muitas outras virão. Obrigada por cada comentário, cada incentivo que vocês me dão, tudo isso é muito especial. Obrigada, de verdade. Fiquem com Deus e até o próximo post. E antes que me esqueça, tenham um natal iluminado, repleto de amor e alegria, como toda comemoração deve ser. 

Mais legendas: 

Looks com calça jeans.

Inspirações de looks não é algo muito comum aqui do blog, no entanto o natal esta praticamente ai, assim como o ano novo, e com isso, surgem amigos secretos, encontro entre amigos, festas. Mas principalmente, surge a famosa dúvida do que vestir e a clássica frase "não tenho roupa", por isso miga amiga, seus problemas acabaram. Decidi trazer um post com looks lindos usando uma peça que toda mulher costuma ter em seu guarda-roupa e usar frequentemente, que é a calça jeans. 


Apesar de ser uma peça simples, comum, para o uso do dia dia, a calça no tecido jeans é capaz de valorizar o corpo da mulher, permitindo que ela possa usar a abusar de outros acessórios. O fato de ser um item básico, permite o uso de cores na parte superior do corpo, até mesmo na inferior, quando se trata de sapatos. 


E se tratando de sapato, se tem um que faz qualquer look coringa crescer e ficar muito mais fino e bonito, é o famoso salto alto. Observem que nas imagens acima os looks continuam básico. Dobrar a barra da calça também deixa o look muito mais bonito e ao mesmo tempo despojado, assim como o detalhe rasgado. Uma camisa e um blazer mudam aquele ar menina, deixando um ar de "estou pronta para tudo". Porém, no caso das festas de final de ano que costumam ter dias e noites quentes, o casaco esta completamente dispensado, no lugar dele você pode usar uma camisa com transparência e/ou um tecido mais solto. Uma uma blusa com um tecido mais fino, que seja mais soltinha no corpo, dando mais leveza ao look. 


"Mas Tha, não tenho blusa assim!" Não tem problema, para esse tipo de look você pode usar suas roupas "normais". Sabe aquela camiseta estampada que esta ai guardada e você nem usa mais? Esse é o momento de combinar ela com uma calça jeans, um salto alto e um casaco. Se estiver calor, dispense apenas o casaco, aumente os acessórios, como um óculos de sol, um brinco bem bonito, colar ou até mesmo pulseiras. De qualquer forma, você vai arrasar. 


Sabe aquela jaqueta estilo colegial americana que provavelmente você usou, ou quis uma durante a adolescencia? Então, ela também pode te ajudar nessa missão de montar um look lindo usando calças jeans. Ah, e as calças não precisam ser skinny. Pode ter mais solta no corpo, sem problema algum.


"Tem que ser só com salto?" Não, você pode criar looks lindos com tênis, basta caprichar nas escolhas das peças da parte superior, além dos acessórios. Ou seja, tem como criar looks lindos para todas as comemorações de final e começo de ano, sem precisar comprar roupas novas, valorizando seu corpo e estando linda. 


Espero que tenham gostado do post, um beijo enorme no coração de cada um de vocês. Fiquem com Deus e até o próximo post, que sai em breve. 
Topo